Você está em: Home REGIONAL Estado do Ceará registra chuvas de até 90.6 mm na Serra da Ibiapaba


O Estado do Ceará registrou chuvas em 28 municípios entre as 7 horas do último sábado (6) e as 7 horas deste domingo (7), de acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A maior precipitação, conforme os registros dos postos de medição, ocorreu em Ibiapina, na Serra da Ibiapaba, com 90,6 milímetros (mm). A seguir, no Crato, no Cariri cearense, foram contabilizados 50 mm.

Na sequência, Iguatu, no Centro-Sul, foi banhada com 41mm. Juazeiro do Norte teve a quarta maior chuva do fim de semana, com 40mm. Choveu, ainda, nos municípios de Maranguape (28,2 mm), na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF); Pires Ferreira (22,8 mm); Caririaçu (21mm); Pindoretama (18mm); Cedro (15mm).

Previsão

A previsão de tempo para esta segunda-feira é de nebulosidade variável ao longo do dia, com possibilidade de chuva no Litoral e Maciço do Baturité; e com chuva no Noroeste e no Sul do Estado do Ceará. Para amanhã (terça-feira), os meteorologistas da Funceme preveem nebulosidade variável com possibilidade de chuvas isoladas em todo o Estado, no decorrer do dia.

Segundo análise exposta ontem no site da Funceme, no oceano Atlântico, junto ao setor leste do Nordeste brasileiro (NEB), ontem observava-se a presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), sistema de baixa pressão atmosférica e circulação horária a aproximadamente 12km de altura. No sul do NEB, verificava-se nuvens associadas à proximidade da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), banda de nebulosidade e precipitação com orientação noroeste-sudeste, que se estende desde o sul e leste da Amazônia até o sudoeste do oceano Atlântico Sul.

Reservatórios

Segundo o Portal Hidrológico do Ceará, da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), os 155 açudes monitorados no Estado acumulavam ontem 7,1% da capacidade. As bacias hidrográficas de Coreaú, Litoral e Serra da Ibiapaba registram os maiores volumes porcentuais, com 50,79%, 36,45% e 19,52%, respectivamente. Já os menores volumes são observados nas bacias de Sertões de Crateús, Baixo Jaguaribe e Médio Jaguaribe, com 0,24%, 0,96% e 2,38%. O maior açude do Ceará, Castanhão, registra 2,60% de seu volume total. O segundo, Orós, tem 6,10%, enquanto Banabuiú, o terceiro em tamanho, registra o pior porcentual, com apenas 0,48%.

Ainda de acordo com a Cogerh, 125 açudes do Estado têm volume abaixo de 30% do total. Destes, 52 encontram-se no volume morto, e 21 estão secos.


Diário do Nordeste
Caderno: REGIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire