Você está em: Home CEARA No Ceará tem mais escolas de baixa renda excelentes


Este Município, que é polo da região Norte, colhe frutos de um programa de mudanças no setor educacional, iniciado há duas décadas. Mais uma vez obteve destaque em indicadores escolares com base na Prova Brasil, que avalia conhecimentos dos alunos em Matemática e Língua Portuguesa. O próprio Ceará avança na Educação e aparece como o Estado que tem maior número de unidades de ensino de baixa renda classificadas como excelentes.

No Ceará, estão em destaque 84 escolas da rede pública de Ensino Fundamental - anos iniciais da Educação Básica (1º ao 5º ano). Nesse conjunto, destaca-se o município de Sobral, onde estão 19 escolas. Outras 31 unidades cearenses para estudantes do segundo ciclo (6º ao 9º ano) de baixa renda estão na lista de excelência - seis delas, em Sobral.

Os indicadores têm por base o mapeamento dos resultados da Prova Brasil, com dados referentes ao ano de 2015, a partir de pesquisa feita pela Fundação Lemann, Instituto Credit Suisse Hedging-Griffo e Itaú BBA, divulgado nesta semana. "É mais um resultado fruto de um esforço coletivo, de um projeto de mudança, modernização que começou há duas décadas", destaca o secretário de Educação de Sobral, Herbert Lima.

O resultado do desempenho é um dos componentes do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Entre as que atendem aos critérios de excelência com equidade nos anos iniciais do Ensino Fundamental, que mantiveram o alto nível de aprendizagem nos anos de 2011, 2013 e 2015, estão as Escolas Municipais Dinorah Ramos, Mocinha Rodrigues e Raimundo Pimentel Gomes, de Sobral.
A pesquisa revela também que, em termos de atendimento aos critérios de excelência com equidade nos anos finais do Ensino Fundamental em 2013 e 2015, estão as Escolas Municipais Aquiles Peres Mota, da cidade de Carnaubal; Inácio de Barros Neto, de Russas; e Francisco Monte, de Sobral.

A Prova Brasil integra o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que por sua vez tem uma grande importância para a avaliação da qualidade da educação e formulação, reformulação e monitoramento das políticas públicas em Educação. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é calculado com base nas avaliações do Saeb e permite projeção de metas para o desenvolvimento da educação.

Exemplo
Os avanços da educação pública do Município, avaliada como a melhor do Brasil, passam a ser referência e exemplo para outros municípios brasileiros. Mesmo em meio a um quadro de pobreza histórica, crise econômica e de recursos hídricos que castiga a região desde 2012, os indicadores educacionais obtidos por Sobral indicam que é possível modificar a realidade do Ensino Fundamental público no sertão cearense.

20 anos
A reforma educacional em curso em Sobral começou há 20 anos, quando o atual prefeito, Ivo Gomes, era secretário de Educação do Município. A política educacional é estruturada em três eixos estratégicos: o fortalecimento da gestão escolar - seleção de diretores e professores por critérios meritocráticos, formação continuada, autonomia administrativa, pedagógica e financeira para as escolas; o fortalecimento da ação pedagógica - com a qualificação e organização do trabalho em sala de aula; e a valorização do magistério - com reconhecimento, gratificação por desempenho e qualificação docente.
Segundo dados da secretária de Educação, Sobral implantou o Ensino em Tempo Integral do 6° ao 9° ano e já dispõe de quatro colégios em funcionamento e outros 11 em construção. O colégio tem um currículo diferenciado, com ampliação da carga-horárias das disciplinas da base comum e outras como Projeto de Vida, Protagonismo Juvenil, Introdução à Pesquisa, Formação Humana e Práticas Experimentais nos laboratórios, clubes de artes e esportes, entre outras.

O Município universalizou o atendimento na pré-escola e, com 14 Centros de Educação Infantil (CEI), ampliou para cerca de 50% o atendimento das crianças de 0 a 3 anos em creches, enquanto a média de atendimento no Brasil é de 25%.

A Secretaria da Educação está implementando novos currículos de Língua Portuguesa e Matemática e trabalhando na modificação da disciplina de Ciências. O objetivo é manter a melhoria do processo de ensino e aprendizagem e garantir equidade.
"A rede de educação de Sobral já é reconhecida como a mais competente do Brasil e com os novos currículos irá alcançar lugar de destaque em nível internacional", prevê Ilona Becskeházy, doutoranda em Política Educacional pela USP e consultora do município na elaboração dos currículos.

"Iniciamos uma etapa nova com mudança na organização da estrutura curricular mais ousada e contemporânea, dialogando com currículos do mundo inteiro", observou o secretário de Educação, Herbert Lima. "Buscamos referência em experiências internacionais".

Diário do Nordeste
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire