Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 29 de dezembro de 2017


A Apple divulgou uma nota nesta quinta-feira (28) para pedir desculpas aos consumidores por tornar os iPhones antigos mais lentos. Há uma semana, a empresa tinha confirmado o que muitos consumidores já suspeitavam: a performance de aparelhos da marca com bateria mais antigas é diminuída, com o objetivo de evitar que o celular desligue sozinho e prolongar sua vida útil.

"Nós nunca fizemos - e nunca faríamos - nada para diminuir intencionalmente a vida de nenhum produto da Apple, ou piorar a experiência do usuário para levar à renovação do consumo. Nosso objetivo sempre foi criar produtos que nossos consumidores amem, e fazer iPhones durarem o máximo possível é uma parte importante disso", disse o comunicado. 

A Apple aproveitou o pedido de desculpas para anunciar que vai diminuir em 2018 o preço de baterias substitutas para smartphones fora do período de garantia, de modelos iPhone 6 ou mais novos, de US$ 79 para US$ 29

A empresa também atualizou o iOS com um recurso para iPhone 6, iPhone 6S e iPhone SE que também ameniza o problema das baterias desgatadas. No entanto, a atualização pode tornar mais longo o tempo para abrir aplicativos e outras reduções de performances. 

A ideia é que ano que vem a marca também lance uma atualização para dar mais visibilidade à detalhes sobre o estado da bateria.

Veja o comunicado da Apple em inglês clicando aqui.


Diário do Nordeste
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire