Você está em: Home NACIONAL Com apoio de Ciro Gomes, namorado de Fátima Bernardes pretende concorrer à Câmara

 
O namorado da apresentadora Fátima Bernardes, Túlio Gadêlha, pretende concorrer à Câmara dos Deputados nas próximas eleições. A candidatura do ex-presidente do Iterpe (Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco) teria inclusive o apoio do pré-candidato do PDT à Presidência da República Ciro Gomes. As informações são do portal Poder 360.
Filiado ao PDT, Túlio se colocou à disposição do partido para concorrer à uma vaga na Câmara. Se confirmada a candidatura, será a segunda vez que o namorado de Fátima disputará uma eleição. Em 2014, ele foi candidato ao cargo de deputado federal pelo estado de Pernambuco e obteve 3.495 votos, quantidade insuficiente para se eleger.
Ciro Gomes acredita que uma possível candidatura de Túlio poderia se aproveitar da visibilidade de seu namoro com a apresentadora da Rede Globo. Nesta semana, o presidenciável foi ao Recife em busca de apoio do governador pernambucano Paulo Câmara (PSB) para as eleições deste ano.
Mesmo com o encontro, a aliança entre Ciro e Paulo Câmara não está garantida. O partido do governador pernambucando, o PSB, aguarda uma resposta do ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, sobre uma possível filiação e candidatura à Presidência. Desta forma, Túlio pode virar um dos principais apoiadores de Ciro Gomes em Pernambuco.
Diário do Nordeste  Online
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire