Você está em: Home CEARA Fim de semana deve ser de tempo nublado ou chuva em todo o Ceará


O último fim de semana do mês de janeiro deve ser chuva e nebulosidade variável em todas as regiões do Ceará, segundo a previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

De acordo com o órgão, imagens de satélites mostraram nuvens em todo o Estado que estão associados à presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), responsável pelas chuvas durante a pré-estação.

Já para esta sexta, há a previsão de chuvas ao longo do dia na faixa litorânea do Estado, na região Jaguaribana e no Cariri. O órgão ressalta que os sistemas responsáveis pelas chuvas da pré-estação, como o VCAN, mudam suas posições rapidamente, alterando as condições para as chuvas.

Desde as 7h desta quinta (25) para as 7h desta sexta-feira (26), foram registrados chuvas em 27 municípios cearenses. As cidades com as maiores precipitações foram em Ipu, com 73 mm, e na macrorregião de Ibiapaba, com 46 mm.

Chuvas acima da média

Na última segunda-feira (22), o órgão divulgou a previsão para os acumulados de chuvas durante os meses de fevereiro, março e abril deste ano. Segundo os resultados, há 40% de chances das chuvas serem acima da média no Estado, 35% dentro da normalidade e 25% abaixo do normal. Entretanto, a Fundação alerta que o volume ainda não é suficiente para mudar a realidade dos reservatórios do Estado, como o açude Castanhã e Orós.


Tribuna do Ceará
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire