Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 12 de abril de 2018


A Secretaria da Segurança Pública cumpre cerca de 150 mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão nesta quinta-feira (12) em uma operação policial contra facções criminosas envolvidas em tráfico de drogas, homicídios e outros crimes, em Fortaleza e seis cidades da Região Metropolitana.
 
Pelo menos 11 pessoas foram presas na operação, segundo a polícia. Há detentos em cadeias que são alvos da operação. 

A operação começou no início da manhã e contou com a participação do secretário da Segurança Pública, delegado André Costa. Agentes das polícias Civil e Militar de diferentes divisões participam da ação, que segue em andamento. 

Conforme André Costa, os suspeitos vinham sendo investigados há mais de seis meses. A Delegacia Metropolitana de Caucaia, na Região Metropolitana, juntou dados de homicídios que possuíam ligações com o tráfico de drogas ocorridos na cidade e em outras localidades. 

A partir dessas informações, a Polícia Civil chegou aos nomes dos envolvidos e representou com os mandados na Justiça. A polícia acredita ter prendido os homens apontados como chefes dos grupos suspeitos de comandar o tráfico de drogas e ordenar diversos assassinatos. 

"Há essa ligação íntima de boa desses homicídios com o tráfico de drogas. Os presos, inclusive, são de facções rivais, que acabavam brigando pela disputa do tráfico. Muitos presos tem um certo grau de comando dos crimes", afirmou o secretário da Secretaria Pública. 

O Ceará teve uma sequencia de ações violentas comandadas por facções criminosas neste ano, incluindo três chacinas, que resultou no aumento do índice de homicídios. Outro caso com envolvimento desses grupos foi o assassinato de três jovens, que foram torturados e decaptados em um mangue. Ataques a prédios públicos e ônibus ocorridos em março deste ano também são atribuídos às facções. 

Movimentação em delegacia

Após o cumprimento de parte dos mandados, alguns suspeitos foram levados para a Delegacia de Caucaia, onde foram autuados pelos crimes. A movimentação de veículos e policiais foi intensa na unidade durante toda a manhã. 

O secretário André Costa comentou que um dos presos é um agiota suspeito de lavar dinheiro para as organizações criminosas. O titular da SSPDS, no entanto, não deu detalhes sobre o grau de participação deste homem nos delitos investigados. 

André Costa acrescentou que diversas equipes ainda estão nas cidades cumprindo os mandados. Ele acredita que o número de prisões pode subir, após o retorno dos policiais. 

"É uma operação importante, destacando essa integração das polícias Civil e Militar. Acreditamos que o número de presos pode chegar a algumas dezenas", finalizou. 


G1
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire