Você está em: CIDADE , IPU , PRINCIPAL , REGIONAL // Notícia de Fagner Freire // 9 de maio de 2018


O pároco de Pires Ferreira Pe. Manoelito Quinto Vieira ao utilizar a Tribuna da Câmara Municipal durante a sexta sessão ordinária do 1ª período de 2018 abordou o tema depressão, onde segundo ele, crianças teriam lhe confessado que já pensaram em suicídio. 

O vigário disse que após está em Ipu, num período de confissões com um grupo de adolescentes, entre 12 a 14 anos, ter se preocupado com pensamentos deprimidos deles. "Recentemente eu foi ao Ipu e atendendo a confissões de crianças umas com 14 à 10 anos. Lá foi um estopim da minha preocupação que gostaria de compartilhar com vocês (...) Essa realidade não é só no Ipu é aqui também [Pires Ferreira]. Num grupo de 40 à 50 crianças, duas crianças de 12 anos disseram assim: - Padre Eu já pensei em suicídio. Aí eu fico assim pensando, o que uma criança de 12 anos tem de preocupação para pensar em algo assim?" disse.  



O pároco disse que na região do Donato e Taboleiro, zona rurais do município de Pires Ferreira tem observado casos do tipo. "Dependendo também da Escola, da parte mais social da escola, a gente encontra crianças que já fizeram pequenos furtos dentro casa, encontraram um dinheiro e levaram" ressalta.

Como as revelações foram feitas em confissão o religioso não pode citar nome e falou de uma maneira geral sem especificar os casos. Porém disse que do grupo cerca de cinco apresentavam marcas dos pulsos de possíveis cortes. 

Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire