Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo Bandeira // 26 de junho de 2018


Reprodução/Instagram

Depois de torcer, gritar e até mesmo fazer gesto obsceno após a vitória da Argentina por 2 a 1 contra a Nigéria, Diego Armando Maradona passou mal nesta terça-feira. Em video que circula pela internet, o ex-camisa 10 precisa ser carregado das tribunas da Arena Zenit, em São Petersburgo, onde a equipe garantiu sua vaga às oitavas de final da Copa do Mundo. 

Após o seu segurança particular conduzi-lo para o restante da área VIP do estádio, Maradona quase chega a cair nas proximidades das cadeiras do local. Ele recebe o apoio de outras pessoas que estão no local, antes do vídeo, que possui 28 segundos, ser encerrado. 

Logo depois, o maior jogador da história da Argentina foi atendido. Segundo informações da emissora argentina TyC Sports, Maradona teve sua pressão medida por dois paramédicos ainda nas dependências do estádio. 

Maradona foi uma atração à parte ao emocionante jogo, que definiu a classificação da Argentina às oitavas de final da Copa do Mundo só nos minutos finais. Ele se expressou de maneira peculiar no primeiro gol argentino marcado por Lionel Messi, teve sono durante os momentos mais parados da partida e desabafou com o lance em que Rojo assegurou a vaga argentina ao mata-mata. 

Após ver a finalização do defensor entrar no gol nigeriano, em lance ocorrido aos 41min do segundo tempo, Maradona se descontrolou e mostrou até o dedo médio para o público. 

UOL
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire