Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 8 de agosto de 2018


Fortaleza registrou uma redução de 99% nos casos de chikungunya e 94% no índice de pessoas com dengue entre os meses de janeiro a julho deste ano, em comparação com igual período de 2017. 

Conforme dados da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), foram 60.638 casos de chikungunya no ano passado, contra 456 casos nos sete primeiros meses de 2018. Já de dengue, foram 13.140 casos em 2017 e 778 neste ano. 

Em todo ano de 2017, Fortaleza registrou 61.708 notificações de pessoas com chikungunya e 13.549 com dengue. Abril foi o mês do ano com maior índice, com 23.353 pessoas com chikungunya e 2.800 com dengue. 

Neste ano, foram 778 casos confirmados de chikungunya e 456 dengue, com dois e nove óbitos ligados a cada doença, respectivamente. Seis mortes estão em investigação

O Jangurussu foi o bairro que apresentou mais casos confirmados de dengue, com 65 registros. Messejana teve mais casos de chikungunya, com 10. 

'
G1
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire