Você está em: CIDADE , IPU , PRINCIPAL // Notícia de Fagner Freire // 30 de novembro de 2018


A Polícia Civil de Ipu prendeu na manhã desta quarta-feira (28/11), duas mulheres, acusadas de arrombamento e furto em residências do município.

As mulheres, uma delas irmã do homem que foi preso pela lei Maria da Penha, teriam ido até uma casa no bairro da Mina, a pedido do detento, para que fossem e retirassem objetos que seriam de sua propriedade, e assim elas fizeram, mas para que tivessem acesso ao interior do domicílio, tiveram que arrombar.

A dona da casa ex-mulher do acusado de violência doméstica, deu queixa na Delegacia de Polícia Civil de Ipu, daí os policias realizaram a prisão das duas mulheres, a condução de uma menor de idade, que estava com as mesmas, e recuperou os objetos (geladeira, fogão, rack, ventilador e outros).

Presas em flagrante delito: Maria Clarita Freitas dos Santos e Maria Ortélia Pereira dos Santos, enquadradas nos artigos 155, § 4º, I, Código Penal Brasileiro (Dec. Lei 2848) e 244 B. Estatuto da Criança/Adolescente (Lei 8069), fato ocorrido ás 16h00 do dia 27 de novembro de 2018, na cidade de Ipu/CE. Auto de Prisão lavrado pelo titular delegado Dr. Rômulo de Oliveira Melo.




(Repórter Francisco José)

Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire