Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 11 de abril de 2019

Secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, defende cessar-fogo 




O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, defendeu nesta quarta-feira um cessar-fogo na Líbia para se evitar uma guerra total pelo controle de Trípoli. 


"Ainda é possível deter isto", declarou Guterres à imprensa após informar ao Conselho de Segurança da ONU sobre a situação na Líbia.


"Ainda há tempo para se obter um cessar-fogo, de deter as hostilidades e de se evitar o pior, o que seria uma dramática batalha sangrenta por Trípoli".


Na semana passada, o marechal Khalifa Haftar lançou uma ofensiva para assumir o controle de Trípoli, sede do governo apoiado pela ONU e uma grande variedade de milícias. 
Haftar apoia o governo paralelo sediado no leste da Líbia, que se nega a reconhecer a autoridade da administração em Trípoli. 


Guterres avaliou que a Líbia enfrenta uma "situação muito perigosa" e pediu o fim dos combates para permitir a retomada das negociações. 


"Para mim está muito claro que devemos reiniciar um diálogo político sério e uma negociação política séria, mas é óbvio que isto não pode acontecer sem a paralisação total das hostilidades". 
O Conselho de Segurança se reuniu nesta quarta-feira para analisar como deter os combates nos arredores de Trípoli, que bloquearam os esforços de paz da ONU. 


Vários diplomatas informaram que o Conselho analisa uma declaração ou um projeto de resolução exigindo um cessar-fogo.


A ONU havia proposto uma conferência nacional, que seria aberta no domingo, para se traçar um roteiro para eleições. 


Nesta quarta-feira foram registrados fortes combates a sudeste de Trípoli e as forças de Haftar informaram a captura de quartéis ao sul da capital.



Diário do Nordeste
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire