Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 7 de julho de 2019

Na final da Copa América, o Brasil pode trazer uma marca inédita para o estado do Ceará. O atacante do Grêmio, Everton Cebolinha, pode se tornar o primeiro cearense na história a garantir a artilharia da competição continental. Com 2 gols marcados, ele deve ser titular na final da competição contra o Peru neste domingo (7), às 17h, no Maracanã, com inclusive outros dois concorrentes ao posto de artilheiro. Além do atleta revelado pelo Fortaleza, outros 8 podem atingir o feito neste fim de semana.
Jogadores com 2 gols nesta Copa América:
- Koji Miyoshi (Japão)
- Darwin Machís (Venezuela)
- Duván Zapata (Colômbia)
- Edinson Cavani (Uruguai)
- Luis Suárez (Uruguai)
- Lautaro Martínez (Argentina)
- Eduardo Vargas (Chile)
- Alexis Sánchez (Chile)
- Edison Flores (Peru)
- Paolo Guerrero (Peru)
- Philippe Coutinho (Brasil)
- Roberto Firmino (Brasil)
- Everton Cebolinha (Brasil)
Da lista, Lautaro, Vargas e Sánchez se enfrentam neste sábado (6), às 16h, pelo terceiro lugar da competição. Flores e Guerrero encaram a seleção brasileira no dia seguinte.
Everton é somente o 6º cearense a jogar uma Copa América. Antes dele, Geroldo e Zé de Mello disputaram a edição de 1959, Mirandinha a de 1987, Mario Jardel em 2001 e Dudu Cearense em 2004. O atacante já é o atleta do estado do Ceará com mais gols no torneio, pois Zé Mello marcou uma vez. Dos seis, apenas Dudu Cearense já venceu a competição.
Diário do Nordeste
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire