Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 30 de setembro de 2019

Trecho da carta do ex-presidente Lula após reunião com advogados na prisão - Divulgação/Instituto Lula
 
 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, em carta, que não irá trocar sua dignidade por sua liberdade. O texto foi lido por seu advogado, Cristiano Zanin Martins. "Quero que saibam que não aceito barganhar meus direitos e minha liberdade", escreveu o presidente.
A jornalistas, o defensor do petista disse que "o ex-presidente Lula não reconhece a legitimidade do processo [do tríplex do Guarujá] e da condenação que foi imposta a ele".
Hoje, a juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução penal de Lula, pediu que a PF (Polícia Federal) envie um histórico de conduta do ex-presidente e que sua defesa de pronuncie sobre a possibilidade de progressão do regime. Zanin afirmou que ainda não foi notificado da decisão. Ele disse, porém, que qualquer manifestação da defesa levará em conta a vontade de Lula. "Lula não aceita qualquer condição imposta pelo Estado à sua liberdade."
Zanin explicou ainda que isso não significa que Lula descumprirá decisões judiciais. Só não aceitará "barganhas". "O Estado não pode impor a qualquer cidadão o cumprimento de uma condição", disse.
Uol
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire