Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 30 de setembro de 2019



A ideia do ministro da Educação, Abraham Weintraub, de reduzir a folha de pagamento das universidades dos atuais 85% para 70% nos próximos dez anos, além de tornar a contratação de professores e servidores via CLT, tende a encontrar resistência entre as universidades federais.
Ao Estadão/Broadcast, o titular da pasta afirmou que isso se aplicará às instituições que aderirem ao Future-se, proposta do Governo Federal para angariar fundos privados que financiem o cotidiano das universidades. 

O conteúdo do projeto ainda será encaminhado às casas legislativas federais.
Os Conselhos Universitários de 25 instituições do País, inclusive o cearense, já rejeitaram o Future-se. Assim, o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) já determinou paralisação das atividades nas instituições nos próximos dias 2 e 3. No Ceará, a movimentação ganha adesão do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Ceará (Adufc).


Diário de Quixadá

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire