Você está em: CIDADE , IPU , PRINCIPAL // Notícia de Fagner Freire // 10 de outubro de 2019


No último dia 6 de outubro (domino), no plenário da Câmara Legislativa Municipal de Ipu (CE), sob a responsabilidade da Comissão Especial Organizadora do Processo de Escolha dos membros do Conselho Tutelar, foi realizada a apuração do processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar de Ipu.

Para este acontecimento foram instaladas onze (11) seções para recepção dos votos, assim situadas: Seção 001, Centro Vocacional Tecnológico - CVT; Seção 002, Escola Murilo Rocha Aguiar, Seção 003, Secretária de Educação; Seção 004, Escola Maria Valdemira Coelho; Seção 005, Escola Monsenhor Gonçalo de Oliveira Lima; Seção 006, Escola Maria Laura Sampaio; Seção 007, Escola Antônio Pereira de Farias; Seção 008, Escola Pedro Camelo da Silva; Seção 009, Escola Abílio Martins; Seção 010, Escola Conrado de Araújo Chaves; e, Seção 011, Escola Guilherme de Oliveira Filho.

A votação teve início às 08h:00min com o fechamento dos portões das sessões às 17h:00min, pois devido ao grande número de eleitores que esta eleição apresentou ainda havia muitos eleitores nas filas esperando para votar, fato que fez com que a votação se encerrasse após às 17:00, situação atípica e diferente das eleições anteriores. Às 17h:50min iniciaram-se os trabalhos de apuração dos votos, a partir dos Boletins de Urna de cada seção, atuando como escrutinadores a Sra. Antônia Shirlene Rodrigues de Sousa, Sra. Rosa Renata Araújo Dias e o Sr. Pedro César Tavares, na presença dos candidatos interessados e respectivos fiscais, bem como o Promotor de Justiça e funcionários do Ministério Público.

Depois de constatada a inexistência de quaisquer indícios de fraude e irregularidades nos Boletins de Urna passou-se a totalização dos votos, chegando-se ao seguinte resultado: votos válidos: quatro mil quatrocentos e cinquenta e sete (4.457); votos brancos: vinte (20); votos nulos: oitenta e seis (86); votação dos candidatos: PH, trezentos e quarenta e sete (347) votos; Dima Vieira, trezentos e cinquenta e quatro (354) votos, Manoel Barros, trezentos e oitenta e cinco (385) votos; Maria Flor, quatrocentos e oitenta e sete (487) votos; Corrinha Barros, seiscentos e noventa e cinco (695) votos; Edileusa, quatrocentos e noventa (490) votos; Djalma Marçal, cento e dezoito (118) votos; Naide Abreu, quinhentos e vinte e cinco (525) votos; Fatinha, duzentos e vinte nove (229) votos; Lucas Rocha, quatrocentos (400) votos; e, Luciana Pontes, quatrocentos e vinte e sete (427) votos. Sendo as cinco candidatas eleitas: Corrinha Barros, Naíde Abreu, Edileusa, Maria Flor e Luciana Pontes.

Não havendo outras impugnações ou incidentes que pudessem comprometer a validade da totalização dos votos, o Promotor de Justiça, diante de todos os presentes, parabenizou e agradeceu a todos os que trabalharam no processo de escolha, salientando que, nos termos da Lei Municipal nº 370/2015, os candidatos terão prazo de dez (10) dias para eventual interposição de recursos contra a apuração, os quais deverão ser julgados em prazo a ser publicado em edital próprio e, após o julgamento será oficializada a proclamação dos eleitos com a respectiva homologação.

As candidatas eleitas tomarão posse e darão início as suas funções como conselheiras tutelares em janeiro de 2020, trabalhando para que nossas crianças e adolescentes tenham seus direitos garantidos e protegidos.


Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire