Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 7 de janeiro de 2020


Em 2019, houve uma redução de 50% nos índices dos chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Na categoria, estão inseridos homicídios dolosos, feminicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Em 2018, foram 4.518 casos, número que caiu para 2.257 em 2019. Em um ano, foram 2.261 mortes a menos.

Até então, o melhor balanço havia sido registrado em 2009, quando ocorreram 2.262 CVLis.

A taxa por 100 mil habitantes também é a menor em dez anos. Em 2019, esse valor foi de 24,7 por 100 mil habitantes. Em 2018, esse número era de 49,8 por 100 mil habitantes. O indicador também caiu pela metade em um ano.

A distribuição por território também mudou nos últimos dois anos, com maior concentração de homicídios na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) do que apenas na Capital, em números absolutos. De acordo com Ricardo Moura, sociólogo e colunista do O POVO, o Estado tem vivido um fenômeno que ele denominou como "metropolização dos homicídios". Ele aponta que isso tem acontecido devido a mudanças na estrutura do crime organizado, na qual os municípios da RMF servem tanto como rota de fuga quanto de porta de entrada.


(O Povo)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire