Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 18 de março de 2020


O município de Lavras da Mangabeira, na região Centro-Sul, registrou a maior chuva do Estado, entre 7h de ontem e às 7h desta quarta-feira (18). O acumulado de 170 milímetros subiu volume de rios e açudes e destruiu parte da CE-153, que liga Lavras da Mangabeira e Aurora. A força da água em um açude, ao lado da rodovia, perfurou o solo e fez o asfalto ceder.

O trecho tinha recebido obras de pavimentação em 2018. Ao todo, foram investidos R$ 18 milhões em 14 quilômetros de serviços de terraplenagem, pavimentação, revestimento asfáltico, drenagem, bueiros e pontes, sinalizações horizontal e vertical, além de proteção ambiental.  

Além disso, a chuva fez o Rio Salgado registrar seu maior volume neste ano, em Lavras da Mangabeira. A água cobriu a barragem na sede do município, que liga o Centro da cidade ao bairro Bela Vista e ao Sítio Extrema. Até agora, o leito não atingiu nenhum imóvel.   

Maior afluente do Rio Jaguaribe, a água que caiu em Lavras da Mangabeira será importante para o aporte do Açude Castanhão, que abastece a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Atualmente, o maior reservatório do Estado apresenta 4,39% de sua capacidade. 



(Diário do Nordeste)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire