Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 7 de maio de 2020


A Nacional Gás, empresa do Grupo Edson Queiroz, abastece a cozinha do hospital de campanha instalado no Estádio Presidente Vargas (PV) com doação de gás. O equipamento de Saúde foi montado pela Prefeitura de Fortaleza a fim de garantir mais leitos de atenção a pacientes que apresentam sintomas da Covid-19 - doença provocada pelo novo coronavírus.

A distribuição de gás na unidade de saúde continuará sendo feita mensalmente pela empresa enquanto o espaço estiver em operação para o tratamento da infecção viral. A quantidade de uma tonelada de GLP será mantida, podendo chegar até o necessário para manter a sua distribuição regular.

Além disso, a Nacional Gás também instalou a infraestrutura de tubulação da cozinha do hospital, em tempo recorde, a fim de garantir a alimentação de profissionais da saúde e pacientes ali internados. Toda a canalização de gás, com 70 metros, além de seis tanques p-190, também foram viabilizados pela empresa.

Parceria

Segundo a assessora técnica do gabinete da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Fortaleza, Ticiana Mota, "como tudo isso está sendo doado pela Nacional Gás, a Secretaria da Saúde não está tendo nenhum custo com essa parte de gás, o que nos possibilita fazer as refeições diárias das pessoas vinculadas ao hospital".

Conforme Ticiana, a cozinha é gerenciada por uma empresa contratada por meio de uma organização social, cuja utilização, em média, gira em torno de 1.200 kg de GLP. "Atualmente, são seis refeições por dia feitas para cada paciente no hospital de campanha. Café, lanche, almoço, lanche, jantar e ceia. A gente estima, hoje, que são produzidas cerca de 3 mil refeições por dia, pois elas são elaboradas tanto para os profissionais quanto para os pacientes", informa a assessora.

De acordo com a Prefeitura, a cozinha construída no local tem capacidade para atender a 160 pessoas, mas o número foi reduzido para garantir a menor possibilidade possível de aglomeração na unidade de saúde.

União

O presidente do Grupo Edson Queiroz, Abelardo Gadelha Rocha Neto, destaca o compromisso social diante da pandemia. "Neste momento em que as autoridades públicas estão sobrecarregadas, não poderíamos deixar de buscar mais uma maneira de mitigar os efeitos da pandemia na nossa cidade. O Grupo Edson Queiroz, por meio dos seus negócios, não tem medido esforços para apoiar seus colaboradores e a sociedade neste momento de crise", explica Abelardo Rocha.

O propósito de somar esforços tem mobilizado os mais diversos setores do grupo, ressalta o diretor superintendente da Nacional Gás, Celso Rocha. "Entendemos que somente a união vai ajudar a atravessarmos este momento. Por isso estamos trabalhando e descobrindo formas de podermos contribuir nessa luta. Todas as empresas do Grupo Edson Queiroz estão voltadas a esse fim".

Hospital

O novo equipamento de saúde construído pela Prefeitura de Fortaleza de forma emergencial no Estádio Presidente Vargas (PV), no bairro Benfica, visa ampliar o atendimento de pacientes cujo quadro clínico seja provocado pela Covid-19. A unidade dispõe, atualmente, de 204 novos leitos, incluindo enfermaria e UTI, cujas vagas são disponibilizadas pelo Município após um processo de triagem, que se inicia nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e no Instituto Dr. José Frota, gerenciados pelo Município.


(Diário do Nordeste)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire