Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 17 de junho de 2020

 
As eleições que definirão os prefeitos e vereadores que vão governar os municípios brasileiros entre 2021 e 2024 devem ser adiadas e seguir novas regras para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Tradicionalmente realizado em outubro, o pleito neste ano deve ocorrer entre 15 de novembro e 20 de dezembro, mas a data ainda será definida pelo Congresso Nacional.

Nesta terça-feira (16), representante do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Câmara Federal, Senado e especialistas em saúde se reuniram para discutir os rumos das eleições e chegaram ao consenso que é preciso adiar o pleito em algumas semanas. No entanto, os participantes do encontro concluíram que a votação deve ocorrer ainda este ano.

Além do adiamento, os parlamentares e especialistas listaram várias medidas que seriam necessárias para garantir a segurança dos eleitores. Entre as sugestões, há a possibilidade de horários estendidos para a votação, definição de horários específicos para população vulnerável, treinamento e simulação sobre medidas de higiene para todos que vão trabalhar e aumento dos locais de votação para evitar aglomerações.

Presidente do TSE, o ministro Luís Roberto Barroso declarou que o ideal é que a definição da nova data das eleições seja feita até 30 de junho. Ele ainda falou da possibilidade de criação de uma cartilha de orientação para eleitores e mesários sobre como se comportar no dia da votação.

O POVO
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire