Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 12 de junho de 2020


Uma operação coordenada pela Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco) resultou na prisão de um dos integrantes de uma organização criminosa com atuação no Ceará, durante uma operação conjunta com a Polícia Civil de Sergipe. Francisco Marcilieudo Mesquita da Silva (38), conhecido como “Dão”, foi preso, na quinta-feira (11), no município de Itabaiana, na região do agreste sergipano. O suspeito tinha dois mandados de prisão em aberto por crimes cometidos no Ceará e é investigado por coordenar ações criminosas no Estado.

Natural de Morada Nova, na região do Vale do Jaguaribe, “Dão” é investigado pelo envolvimento na série de ataques criminosos ocorridos no Ceará no ano de 2019.

Nas duas passagens registradas pela Polícia Civil no Ceará, “Dão” foi indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, associação criminosa, lesão corporal, resistência, desacato, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de drogas. Os mandados judiciais contra ele são referentes aos crimes de homicídio qualificado e por integrar organização criminosa. Pelo homicídio, "Dão" foi condenado a cumprir pena superior a 24 anos. Na cidade de Itabaiana, “Dão” foi localizado em um imóvel num bairro nobre.

Esconderijo em Sergipe

Na última terça-feira (9), equipes do Cope, de Sergipe, realizaram os primeiros levantamentos e confirmaram a presença de Marcilieudo, que estava escondido em uma residência do bairro Anísio Amâncio de Oliveira, em Itabaiana. Após confirmação do paradeiro do suspeito, policiais civis da Draco viajaram até Sergipe e, nesta quinta-feira (11), a operação conjunta foi deflagrada.

"Dão" estava acompanhado por duas pessoas num imóvel de luxo. Com ele, foram encontrados documentos falsos, já que em Sergipe ele utilizava um nome falso. Depois de preso, ele foi conduzido ao Aeroporto Internacional de Santa Maria, em Aracaju, de onde foi transportado pela Polícia Civil do Ceará para Fortaleza. Ao desembarcar na Capital cearense, sob escolta, ele foi levado para prestar depoimento na sede da Draco, no Complexo de Delegacias Especializadas (Code) no bairro Aeroporto.


(CNews)
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire