Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 7 de julho de 2020


Um incêndio danificou três apartamentos em um prédio na Rua Barão de Aracati, no Bairro Meireles, em Fortaleza, por volta das 4h30 desta terça-feira (7). Segundo os Bombeiros, o incidente começou após um curto-circuito em um ventilador, que pegou fogo. Ninguém ficou ferido e nenhum dos imóveis apresenta riscos estruturais. O edifício reúne 22 apartamentos, sendo um por andar, mas após aviso dos funcionários, foi rapidamente evacuado pelos moradores. 
 
De acordo com o coordenador de operações do Corpo de Bombeiros, major Landin, apenas o apartamento do segundo andar, onde iniciou o incêndio, foi avariado pelo fogo. Na ocasião, quatro pessoas estavam no imóvel. Os outros dois - no primeiro e terceiro andar - foram atingidos mais por fumaça e fuligem. 

O proprietário do imóvel relatou aos Bombeiros que atenderam a ocorrência que inicialmente o ventilador pegou fogo e, como estava próximo à cama, chamas se alastraram por toda a suíte principal, o cômodo mais atingido. O closet e outros dois quartos também sofreram danos. Documentos, móveis projetados, tablets, impressora, computadores e aparelhos de ar-condicionado estão entre os objetos consumidos pelo fogo. 

"O proprietário falou que o ventilador estava ao lado da cama e começou a pegar fogo. Depois foi pra cama, pros lençóis. Ele chegou a sair pra pegar o extintor, mas não conseguiu. Não funcionou ou ele não soube operar", detalha. "Ainda entrou um pouco de fumaça pra sala, mas pela técnica conseguimos confinar as chamas. A suíte principal queimou praticamente tudo, foi onde começou o fogo". 

As chamas do incêndio considerado de pequena a média proporção, segundo ele, foram debeladas rapidamente com o envio de quatro viaturas do Corpo de Bombeiros, incluindo um caminhão-tanque. O início do trabalho até o rescaldo durou cerca de três horas.

Alerta em casa

O incêndio registrado hoje em Fortaleza acende o alerta para a importância do uso correto de eletrodomésticos e eletroeletrônicos, ressalta o coordenador de operações do Corpo de Bombeiros. Especialmente durante a quarentena, quando mais pessoas estão em casa e utilizando estes equipamentos com mais frequência e por um período de tempo maior. 

Colocar o celular em cima da cama, por exemplo, vem se tornando a causa comum de vários incidentes registrados pelo Corpo de Bombeiros. "Deixar celular carregando em cima da cama, é um [tipo de] incêndio que está muito comum. Na nossa semana de prevenção, na semana passada, reforçamos para que as pessoas não usem aquele famoso T para não ter sobrecarga dos materiais. [Evitar] o uso de ventilador em cima de cômoda, próximo à cama porque o ventilador trepida, cai, paralisa, mas fica ligado. Então, causa uma sobrecarga e aquilo pode virar um incêndio", alerta. "E o ideal é sempre evitar fiação elétrica exposta", complementa o major. 


(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire