Você está em: REGIONAL // Notícia de Fagner Freire // 22 de julho de 2020


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Regional de Sobral, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva por homicídio em desfavor de um homem, na tarde dessa segunda-feira (20). O indivíduo é suspeito da autoria de um homicídio ocorrido em outubro do ano passado em Sobral – Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Estado.

Segundo as investigações, Pedro Lucas Bento Duarte (19), vulgo “LK”, com antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo, é apontado como suspeito do crime que vitimou Francisco Kelliton Oliveira (25). A vítima, que era moradora do bairro Sumaré, estava voltando do trabalho com seu pai morador do bairro Parque Santo Antônio, quando foi alvejado por disparos de arma de fogo efetuado por Pedro Lucas.

De acordo com as investigações, Pedro Lucas já se encontrava preso em uma unidade do sistema penitenciário local quando foi dado o cumprimento de mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. Ele foi preso, nesse último sábado (20), em decorrência de outro mandado de prisão oriundo das investigações de uma tentativa de homicídio ocorrida em agosto do ano passado, no bairro Parque Santo Antônio. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, mas não veio a óbito. A Polícia Civil segue investigando a participação do homem em outras atividades delituosas.


(SSPDS)
Caderno: REGIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire