Você está em: CIDADE , IPU , PRINCIPAL // Notícia de Fagner Freire // 11 de setembro de 2020


O discurso poético proferido na Missa de Sétimo Dia de falecimento do Dr. Thomaz de Araújo Corrêa por seu neto Emmanuel Furtado Filho emocionou muito a plateia e segue repercutindo nas redes sociais. O vídeo do discurso pode ser acessado no link que está no final desta matéria.

Emmanuel Furtado Filho é ipuense, doutor em Direito pela Universidade de Paris (França), Professor da UFC e advogado. É também membro da Academia Ipuense de Letras, Ciências e Artes (AILCA). Com exclusividade, ele nos fala um pouco sobre a trajetória de vida do seu avô, Dr. Thomaz de Araújo Corrêa, essa figura que marca de forma indelével a história do Ipu.


Ipu Notícias: Todos sabemos que o Dr. Thomaz se destacou pelo exercício da medicina no Ipu. Também o conhecemos como exímio orador. Como foi que ele descobriu essas vocações?

Emmanuel Furtado Filho: Devemos lembrar que o Dr. Thomaz pertence a uma linhagem que tradicionalmente tem se dedicado ao bem estar físico, mental e social do povo ipuense. O Dr. Thomaz é neto de Thomaz de Aquino Corrêa, conhecido como “Dim”, intelectual, artista e autodidata, que fundou, em 1896, no Ipu, a Pharmacia e Drogaria Iracema, prédio histórico que ainda hoje está de pé, na rua Major Liberalino. Foi uma das primeiras drogarias do Ceará, onde o Dim fabricava e distribuía, na maioria das vezes gratuitamente, medicamentos à população. Hoje há uma estátua na cidade em sua homenagem, que fica na praça do Quadro da Igrejinha. O pai do Dr. Thomaz, Edgard Corrêa, deu continuidade aos serviços sanitários de seu pai. E o Dr. Thomaz nasceu e cresceu frequentando a farmácia da família, testemunhando a dedicação de seu pai ao trabalho. Foi, sem dúvidas, onde descobriu sua vocação para a Medicina. Sobre o gosto do Dr. Thomaz pela oratória, eu diria que ele se remete ao período em que morou na casa do escritor Leonardo Mota, seu tio, em Fortaleza, época em que foi fazer seus estudos no colégio cearense. Ali teve oportunidade de conviver com muitos intelectuais da capital e assim desenvolver o amor pelas letras e pela oratória.

Ipu Notícias: Dr. Thomaz exerceu a medicina no Ipu por mais de setenta anos. Como foi que se deu a formação escolar e médica do seu avô?

Emmanuel Furtado Filho: Quando criança, o Dr. Thomaz estudou na escola da Dona Carmosa, do Dr. Farias e do Dr. Targino, no Ipu. Estudou também no colégio cearense, em Fortaleza. Naquele tempo, ainda não havia Faculdade de Medicina no Ceará. O Dr. Thomaz fez seu curso de Medicina na Bahia, onde foi discípulo do Professor Fernando São Paulo. Se formou em 1948 e decidiu recusar as valiosas propostas trabalho que lá recebeu e voltar ao Ipu, para viver e trabalhar ao lado de seu pai, de sua família e de seu povo. E ficou no Ipu até os seus últimos dias. O retorno do Dr. Thomaz ao Ipu representou um grande avanço para a saúde do povo ipuense e de toda a região norte, pois, na época, talvez tenha sido, se não o primeiro, um dos primeiros médicos a se fixar na região.

Ipu Notícias: Imagino as dificuldades que ele deve ter enfrentado especialmente no início de sua carreira aqui no Ipu. O que teria a dizer sobre isso?

Emmanuel Furtado Filho: Se hoje muitos profissionais da saúde ainda reclamam da falta de estrutura, você imagine como não era naquele tempo! Dr. Thomaz chegou a atravessar açude à noite, de barco, à luz de candeeiro, para ir a casa de parturiente. Chegou a ter que arrancar porta da casa de seus doentes para usar como maca em situação de emergência. Chegou a montar cavalo inúmeras vezes para se embrenhar à noite no mato e ir ao encontro de pacientes. Dizem que, às vezes, levava consigo uma pessoa que tinha sangue compatível para doação, para, ali mesmo, na casa do paciente, fazer a transfusão de braço a braço caso fosse necessário. Como se ocupava da saúde de toda a região, era chamado em sua casa a qualquer momento para desempenhar missões, em regra, árduas como as a que fiz referência. Sua devotada esposa, minha avó Margarida Maria, não dormia até que ele voltasse. Ela também é uma personagem importantíssima para a história da medicina do Ipu, pois oferecia toda a estrutura necessária ao Dr. Thomaz para que ele desempenhasse tratasse dos seus doentes. Dr. Thomaz foi figura essencial no combate a epidemias da região, como a do tracoma, a da leishmaniose e a da peste bubônica. Ele não mediu esforços para contribuir para o bem da sua gente... Devido à sua longevidade e lucidez, Dr. Thomaz talvez tenha sido o médico que por mais tempo clinicou no Ceará. Só para ilustrar, ele fez, ao longo de sua trajetória médica, mais de trinta mil partos. Mais de trinta mil cearenses nasceram pelas mãos do Dr. Thomaz! Eu fui um deles.

Ipu Notícias: No seu discurso, fica evidente o orgulho que você tem do seu Dr. Thomaz. O que mais lhe orgulha no seu avô?

Emmanuel Furtado Filho: Muitas coisas! Difícil dizer... Mas me orgulho muito, por exemplo, do fato de, ao longo da vida, o Dr. Thomaz ter exercido a medicina de forma prioritariamente filantrópica. Eu acho isso muito bonito. Isso é uma grande demonstração de amor. Ele honrou a Medicina. Não a exerceu com intuito de mercância. Ele queria genuinamente o bem do povo ipuense. Me orgulho muito também pelo caráter do meu avô. Meu avô foi um homem bom. Nunca o vi falar mal de ninguém. Nunca o vi se envolver em qualquer conflito. Sempre procurou compreender e respeitar as diferenças de cada um. Devotou sua vida ao bem de sua gente. Fazia o bem sem querer nada em troca. Uma pessoa de espírito elevado! Talvez sua principal característica seja a retidão. Acho que isso ele herdou de seu pai. Meu avô foi um homem que viveu em extrema coerência com seus valores. Acho que era por isso que cativava tanto as pessoas e que era tão respeitado por todos. As pessoas, no fundo, sabem reconhecer quem age genuinamente com retidão, como foi o caso do meu avô. Ele foi extraordinário em muitos setores, na medicina, na família, na oratória, como pensador, como cidadão, como ser biológico (dada a sua longevidade)… é realmente difícil dizer o que mais me orgulha nele. Sou muito grato por ter convivido com ele de perto. Ele é realmente um exemplo de vida a ser seguido.



Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire