Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 9 de setembro de 2020

Homem a estava conduzindo para um hospital quando desviou a rota da ambulância para cometer o crime. 


Uma jovem de 19 anos, infectada com coronavírus, foi estuprada por um paramédico que conduzia a ambulância que a levava ao hospital, na noite do último sábado. O caso aconteceu no distrito de Pathanamthitta, em Kerala, na Índia. As informações são do jornal indiano Bangalore Mirror.


O motorista, identificado como V Noufal, de 29 anos, a estava conduzindo para um hospital da região, quando desviou a rota da ambulância para um lugar isolado para a estuprar. Antes de a deixar no hospital, ele a ameaçou para que ela não contasse a ninguém.
No entanto, a vítima denunciou o estupro e o homem foi preso na manhã do dia seguinte.


De acordo com a polícia, o estuprador chegou a se desculpar para a vítima na noite do crime. "O que eu fiz é errado. Me perdoe. Não conte para ninguém", ele teria dito.


A ministra da Saúde da Índia, K. K. Shailaja, afirmou que o caso é "desumano" e que "nunca deveria ter acontecido".


 O Dia
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire