Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 27 de novembro de 2020

 


Funcionário da funerária que preparou o corpo do ex-jogador Diego Maradona para ser velado, cerimônia que ocorreu nesta quinta feira, 26, em Buenos Aires, Argentina, foi demitido após tirar uma foto ao lado do caixão. O registro circulou nas redes sociais e mostra o homem tocando no rosto do craque.

Segundo o diário Lance, o agente funerário foi identificado como Diego Molina. No momento em que preparava o corpo do ídolo argentino para ser velado, Molina retirou o celular e posou para um último registro ao lado de Maradona, tocando em seu rosto e fazendo sinal de positivo com uma das mãos. Outros funcionários também tiraram fotos com o corpo.

A imagem ganhou repercussão e revoltou o advogado e amigo de Maradona, Matias Morla, que usou suas redes sociais para chamar o funcionário de "canalha" e exigir que ele fosse responsabilizado por isso."Pela memória do meu amigo, eu não vou descansar até que ele pague por semelhante aberração", afirmou.

Os responsáveis pela funerária onde o fato aconteceu tiveram conhecimento da imagem e decidiram punir o funcionário pelo registro. Usando o espaço de uma emissora local, a empresa pediu desculpas a todos os amigos e familiares de Maradona, afirmando em seguida que o funcionário foi demitido.

A imprensa argentina concordou em não divulgar a foto, em respeito à família do craque.

 

(G1)

 

 

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire