Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 5 de novembro de 2020

 


Uma investigação complexa desenvolvida pela Polícia Civil do Estado do Ceará resultou na elucidação do desaparecimento de um casal, ocorrido dia 11 de setembro, no município de Maracanaú, na Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12) do Estado. Na última sexta-feira (30), uma operação, desencadeada pela Delegacia Metropolitana do Eusébio, resultou nas prisões de cinco suspeitos, ligados direta ou indiretamente ao desaparecimento das vítimas, bem como na localização dos corpos.

Os presos são Osmildo da Silva Almeida (30), que já responde por porte ilegal de arma de fogo; Antônio Alberto Gonçalves de Sousa (22), que não registrava antecedentes criminais anteriores; João Carlos Silva Vieira (29), vulgo “Ju”, que não tinha passagem pela Polícia; Leonardo Mariano dos Santos (21), vulgo “Branquinho”, que já responde por porte e posse irregular de arma de fogo, e José Mateus Rosendo da Silva (25), mais conhecido como “Barão”, que já responde por homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

Durante a ofensiva policial foram apreendidos: um revólver calibre 38, um carregador de pistola, cerca de 250 munições de diversos calibres, aproximadamente 1,4 quilo de maconha, 480 gramas de crack e 65 gramas de cocaína, um colete balístico, cadernos de anotações, balanças de precisão e aparelhos celulares.

Motivação

As investigações policiais apontam que as vítimas possuíam envolvimento com o tráfico de drogas na região. O homem identificado inicialmente por Carlos Vinícius Nunes de Sousa, na verdade trata-se do acreano Sheldon Luís de Castro Ângelo (39), vulgo “Bigo” ou “Tonheco”, natural de Rio Branco e que possuía três mandados de prisão em aberto – sendo dois no Ceará e um no Acre. Conforme as apurações policiais, Sheldon trabalhava para o grupo criminoso responsável pelas execuções do casal. Ele teria saído do Ceará para buscar um carregamento de drogas, porém perdeu o material. Por conta disso, o casal foi executado. A companheira dele, identificada como Leidiane de Sousa Vieira (32), tinha antecedente criminal por tráfico de drogas.

Os corpos foram localizados em um terreno situado na localidade de Jacundá, na divisa dos municípios de Eusébio e Aquiraz. Os corpos foram desenterrados por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE). A Perícia Forense também esteve no local e realizou os primeiros levantamentos periciais. As identificações serão confirmadas por meio de exame de DNA.

A ofensiva foi coordenada pela Delegacia Metropolitana do Eusébio, com apoio das delegacias de Pacajus, Guaiuba, Chorozinho, 18º DP, Núcleo Operacional do Departamento de Polícia Judiciaria Metropolitana (DPJM) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da PCCE.

 

 

(SSPDS)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire