Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 9 de novembro de 2020

 


A Polícia Federal desarticulou uma organização criminosa especializada em tráfico internacional de drogas. Foto: Polícia Federal (Foto: Foto: Polícia Federal)

Uma pessoa está sendo procurada pela Polícia Federal no Ceará, nesta segunda-feira, 9, em um condomínio de luxo no Porto das Dunas, em Aquiraz, suspeita de fazer parte de uma organização criminosa especializada em tráfico internacional de drogas para a Europa. Ao todo, 15 pessoas foram indiciadas em seis estados e os crimes incluem ainda lavagem de dinheiro. Os mandados foram expedidos pela PF em Pernambuco.

A organização criminosa teria como especialidade o transporte e armazenamento de cocaína em grandes quantidades em território nacional, a fim de ocultar a droga em cargas exportadas via portos brasileiros para a Europa em contêineres. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em seis estados, incluindo o Ceará. Uma moradora do condomínio confirmou ao O POVO que viu a perseguição dentro da propriedade.

A investigação teve início em junho de 2019 quando a Receita Federal no Porto de Suape, na Região Metropolitana do Recife, apreendeu 808 quilos de cocaína camuflados em carga de bananas que seria exportada para Bélgica. A PF, então, iniciou a investigação criminal, tendo apoio da Receita Federal na troca de informações sobre os criminosos.

As investigações, até o momento, revelam que o grupo criminoso é formado por integrantes espalhados por estados do Nordeste, mas com atuação também no Norte do País. As lideranças da organização têm raízes no roubo e furto de cargas e, por isso, já foram alvos da Operação Piratas do Sertão, deflagrada pela Polícia Federal em 2010 nos estados de Rio Grande do Norte e Paraíba. Além disso, foram detectados laços criminosos desse grupo com lavadores de dinheiro na Região Sudeste e Centro-Oeste.

A ação de hoje acontece nas capitais de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Piauí, São Paulo e Mato Grosso, além do interior de Pernambuco e Ceará, incluindo, aqui no Estado, as cidades de Juazeiro do Norte e Barbalha, na Região do Cariri. Foram mobilizados 80 policiais federais com o objetivo de cumprir quatro mandados de prisão preventiva e 18 mandados de busca e apreensão. As ordens judiciais foram cumpridas nas cidades de Torre (PE0, Boa Viagem (PE), Piedade (PE), Jaboatão (PE), Bonito (PE), Petrolina (PE), São Paulo (SP), Sumaré (SP), Cuiabá (MT), Natal (RN), Parnamirim (RN), além das cidades do Ceará.

As penas podem variar de três a 20 vinte anos de reclusão, mas, considerado o concurso de crimes, podem chegar ao limite máximo de 30 anos de cumprimento da pena.

A Operação Símios está sendo deflagrada em conjunto com a Operação Pojuca, conduzida pela Polícia Federal no Pará, haja vista a detecção de que o grupo também foi responsável por ações criminosas do mesmo tipo em porto daquele Estado.
 
 
(O Povo)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire