Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 22 de dezembro de 2020

 


Alexander Kagansky, 45 anos, um cientista russo que trabalhava no desenvolvimento de uma vacina contra a covid-19, foi encontrado morto no último sábado (14/12). Ele caiu do prédio em que morava em São Petersburgo, de uma altura de 14 andares.

O corpo foi encontrado com marcas de faca e estava apenas com roupas íntimas. A polícia investiga o caso como homicídio.

Segundo o jornal Moskovsky Komsomolets, um suspeito, identificado como amigo de infância de Kagansky, chegou a ser preso, mas liberado, nesta segunda-feira (21/12), por falta de provas.

De acordo com o Moscow Times, o suspeito disse que o próprio cientista teria se esfaqueado e saltado do prédio.

Alexander Kagansky era diretor do Centro de Medicina Genômica e Regenerativa da Far Eastern Federal University, na Rússia.

 

 

(Correio Braziliense)

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire