Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 1 de fevereiro de 2021

 


Os vereadores eleitos nos municípios cearenses em novembro de 2020 tomaram posse no início de janeiro, mas iniciam oficialmente os trabalhos legislativos nesta semana. Com o aumento dos índices da pandemia de Covid-19 em algumas cidades, a maioria das Câmaras Municipais tem optado por realizar a primeira sessão do ano de maneira híbrida, para evitar as aglomerações. 

Em alguns casos, apenas os vereadores serão permitidos em plenário, mantendo o distancimento social recomendado e o uso de máscaras. Em outros legislativos municipais, os parlamentares podem acompanhar a sessão dos gabinetes. Confira como deve ser a abertura dos trabalhos legislativos de algumas das principais cidades cearenses e como devem ser os diálogos entre Executivo e Legislativo:

Caucaia

Em Caucaia, segundo maior colégio eleitoral do Estado, o retorno dos trabalhos legislativos acontece em sessão híbrida, a partir das 9 horas desta terça-feira (2). O plenário está reservado apenas aos vereadores, mas aqueles que desejarem, sobretudo os que fazem parte dos grupos de risco da Covid-19, podem participar de seus gabinetes.

O prefeito Vitor Valim (Pros) se fará presente virtualmente, com um pronunciamento aos vereadores sobre o plano de governo e as prioridades da gestão, reforçando a intenção de estabelecer parceria entre Executivo e Legislativo no município.

A eleição de Valim surpreendeu e levantou questionamentos sobre a governabilidade do novo prefeito de Caucaia, já que 18 dos 23 vereadores eleitos faziam parte da coligação do candidato à reeleição derrotado, Naumi Amorim (PSD). Mas as negociações junto à bancada, de acordo com o vice-prefeito Deuzinho Filho (Republicanos), mudaram o ânimo da Câmara Municipal para este início de gestão. Segundo ele, 22 dos 23 vereadores já estão com Valim, e a base está "consolidada".

"Valim foi vereador e eu fui vereador. A gente sabe como funcionam as câmaras, a governabilidade passa por elas. Essa união é importante para o município", afirmou. O único vereador que, segundo o vice-prefeito, adotou postura de "independência" foi Weibe Tapeba (PT). 

A Casa será presidida no próximo biênio pelo vereador Dr. Tanilo (PDT), que retorna à Câmara de Caucaia após oito anos sem mandato e, embora  tenha sido aliado do ex-prefeito Naumi, foi eleito presidente com 22 dos 23 votos, na votação cargo a gargo para a Mesa Diretora realizada na sessão de posse, o que reforça o clima de consenso que Valim terá, pelo menos em curto prazo. Ele e Tanilo já vêm se reunindo ao longo do mês de janeiro.

Juazeiro do Norte

Em Juazeiro do Norte, o cenário também é de esforços para que o apoio do Legislativo à nova gestão. Eleito com 38,18% dos votos no segundo turno contra 36,2% do ex-prefeito Arnon Bezerra (PTB), diferença de pouco mais de 2.600 votos, Glêdson Bezerra (Podemos) viu o aliado e colega de partido de Arnon, Darlan Lobo (PTB), articular bloco de oposição que lhe rendeu 15 dos 21 votos na primeira sessão do ano e a reeleição para a presidência da Casa, de onde os dois são velhos conhecidos.

Ao tomar posse no dia 1º de janeiro, Darlan adotou discurso incisivo, deixando a impressão de que Glêdson enfrentará forte oposição. O presidente da Câmara Municipal chegou a afirmar que “a casa vai cair” para a nova gestão, se casos de irregularidades forem detectados pelos vereadores. Porém, nas últimas semanas, o novo prefeito já vem conversando individualmente com vários dos 15 parlamentares que reconduziram Darlan Lobo à presidência do Legislativo municipal, na tentativa de construir um cenário de apoio e diálogo na Câmara.

Glêdson Bezerra ainda não confirmou presença na primeira sessão ordinária da nova legislatura, que acontecerá às 15 horas desta terça-feira (2) de forma presencial. Segundo comunicado oficial da Câmara, "no grupo não há integrantes de risco" e os trabalhos presenciais serão realizados "com distanciamento controlado e limitando o acesso ao público em geral, com exceção da imprensa, que poderá acompanhar, dentro do permitido por lei". Darlan Lobo reforçou: "Os protocolos de higiene e prevenção da Covid-19 continuarão em vigor conforme orientações dos órgãos de saúde". 

Maracanaú

Em Maracanaú, a situação de Roberto Pessoa (PSDB) é mais confortável. Retornando para o terceiro mandato como prefeito, ele trouxe consigo a força de uma coligação que elegeu 16 dos 21 vereadores, cinco deles do seu partido, que tem a maior bancada. Mas, na prática, o ex-deputado federal já contou com o apoio de 20 dos 21 parlamentares na votação de seu projeto de reestruturação administrativa nas primeiras sessões ordinárias do ano, realizadas na última semana.

O único vereador a contestar os termos da reforma foi o ex-prefeito Júlio César (Cidadania), pai do candidato derrotado por Roberto Pessoa nas urnas, o deputado estadual Júlio César Filho (Cidadania). Silvana Maciel (Cidadania) não seguiu a orientação do partido e votou pela aprovação do projeto, o que indica tendência de isolamento de Júlio no papel de opositor dentro da Casa.

O ex-prefeito reclamou da falta de tempo para discutir a proposta e do que chama de "inchaço" administrativo. Júlio César critica a criação de cinco novas secretarias executivas, como a Secretaria Especial da Família (rebatizada após polêmica com o nome "Secretaria de Assuntos Religiosos") e a Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Indígenas (Safai).

O início da administração também mostra uma tendência de Roberto Pessoa em ampliar o capital político para outros municípios. A recém criada Safai está sob comando da ex-prefeita de Boa Viagem derrotada nas urnas no ano passado, Aline Vieira (PL). A pasta da Educação ficou com o ex-prefeito de Maranguape, George Valentim (PSB), que também não conseguiu retornar ao cargo nas últimas eleições.

Ex-prefeito de Jucás, Helanio Facundo é o novo secretário da Agricultura. Já a pasta da Saúde ficou com Galba Moita (Podemos), que perdeu o pleito em Paracuru como candidato a vice de Kleber Bandeira (PSC).

 

(Diário do Nordeste)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire