Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 9 de abril de 2021



 
Total de 1.027 pacientes aguardam transferência para leitos no Ceará em decorrência do coronavírus, de acordo com informações da noite desta quinta-feira, 8, do IntegraSUS, ferramenta da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Desses, 595 esperam para serem transferidos para Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 432 para leitos de enfermaria. 13 pacientes que aguardam leitos têm entre 0 e 15 anos.

Essa é a primeira vez que o Ceará registra número de pacientes nessa situação acima de mil pessoas desde o início da crise na saúde. Apenas em Fortaleza, 302 pacientes aguardam a liberação de um leito — 194 precisam de UTIs. Pelo menos desde o início de abril, o número de novas solicitações diárias para transferência de leitos tem ficado acima de 250. Neste mês, o dia mais crítico foi essa terça-feira, 6, quando 379 solicitações foram registradas.

Após decisão anunciada em live pelo governador Camilo Santana (PT) no último domingo, 4, o Ceará deve iniciar a flexibilização econômica na próxima segunda-feira, 12. Na transmissão, o chefe do Executivo estadual ponderou que há indícios de melhora dos números, mas considerou que a circulação viral ainda é muito grande — o que fez com que o governo estendesse o lockdown para acompanhar a evolução do quadro epidemiológico.

Em entrevista ao O POVO, o secretário executivo de Planejamento e Orçamento do Governo do Estado, Flávio Ataliba, afirmou que a proposta de reabertura da economia no Ceará deve ficar pronta até esta sexta, 9. A decisão de Camilo, para confirmar ou não o início da flexibilização econômica planejada, deve sair até o domingo, 11, último dia em que o atual decreto de combate à Covid-19 permanece em vigor.

O Ceará, considerando as esferas pública e privada, têm ocupação de leitos de UTI de 92,59%. Em relação às enfermarias, a taxa é de 80,64%. Na Capital, nove hospitais estão com todos os leitos de UTI ocupados e um deles — o Hospital de Messejana — também não tem nenhuma vaga disponível nas enfermarias. O Hospital Leonardo da Vinci, considerado referência para tratamento da Covid-19 no Estado, está com 164 de 175 UTIs em uso— número correspondente a 93,7% de ocupação.


O POVO Online

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire