Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 22 de abril de 2021






Um homem suspeito de lesão corporal foi preso em flagrante, na tarde da última quarta-feira, (21), no bairro João XXIII, em Fortaleza. Durante a prisão, segundo a Polícia Militar, o suspeito ainda danificou a viatura e a porta do 10º Distrito Policial, no bairro Antônio Bezerra, para onde foi levado sob escolta. Clinger Rodrigues de Sousa, de 45 anos, deve responder por lesão corporal, resistência e dano qualificado.


Segundo a Polícia, os militares foram acionados via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) para atender a ocorrência de um homem que estaria envolvido numa briga em via pública. As equipes da PM que realizavam o patrulhamento da região se dirigiram ao local e o suspeito estava visivelmente alterado antes de ser abordado.


Ainda de acordo com a PM, durante a abordagem, foi necessário o uso da força policial. O homem foi imobilizado após realizar ameaças e tentar arremessar uma pedra contra os agentes de segurança. Em seguida, o suspeito recebeu voz de prisão.



De acordo com os militares, durante a condução do homem até a delegacia, ele danificou duas portas da viatura. Já na unidade distrital da Polícia Civil, o suspeito danificou uma porta de vidro, que se rompeu e ocasionou ferimentos leves aos PMs, que não tiveram necessidade de atendimento médico.


A ação também contou com o apoio de uma equipe do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA).


O Povo
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire