Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 27 de abril de 2021

 


A noite de segunda-feira (26) e a manhã desta terça no Rio foram marcadas por confrontos entre policiais militares e traficantes em quatro comunidades.

Vídeos mostram a troca de tiros no Morro dos Prazeres (veja mais abaixo) e também o momento em que um PM fazia o percurso de carro preso à janela da viatura da polícia, do lado de fora, devido à lotação do veículo .

Dois traficantes morreram no Morro dos Prazeres, sendo um deles o chefe do tráfico na comunidade, segundo a polícia. Mais 4 pessoas foram baleadas no local, mesma quantidade de feridos do Morro do Juramento. Também houve troca de tiros na Providência e na Mangueira. 

A noite de segunda-feira e a madrugada de terça foram marcadas por tiroteios no Morro dos Prazeres, na Zona Norte do Rio. O barulho dos tiros pode ser ouvido no vídeo acima.

Segundo a Polícia Militar, a troca de tiros começou após traficantes atacaram agentes da corporação. O chefe do tráfico do morro, conhecido por 'Marcelinho dos Prazeres', e outro traficante, identificado apenas como Gabriel GB, morreram.

Uma mulher que estava em uma van foi atingida por uma bala perdida de raspão no pescoço. Ela foi medicada e não corre risco de vida.

Outros três homens também foram baleados e levados para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Ao menos um deles era traficante, mas não há informações sobre a identidade e o estado de saúde dele e dos demais. 

No Juramento, também na Zona Norte do Rio, a troca de tiros entre policiais e traficantes deixou quatro suspeitos baleados. Eles foram socorridos ao Hospital Municipal Salgado Filho. O Globocop flagrou quando uma viatura levava os feridos. Um PM chegou a fazer o percurso do lado de fora do carro, preso à janela, por causa da lotação.

Segundo a PM, o tiroteio começou após uma equipe flagrar traficantes atravessando a passarela que liga o Juramento ao Juramentinho, na Avenida Pastor Martin Luther King Jr, em Tomás Coelho.

Policiais do 41º BPM (Irajá) apreenderam um fuzil, uma pistola e uma granada.

Providência

Na Providência, região central do Rio, segundo a PM, equipes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Providência e da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) estavam em policiamento na comunidade quando foram atacados.

Não havia informações de prisões, apreensões ou feridos até a última atualização desta reportagem.

 

(G1)

 

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire