Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 30 de maio de 2021










O padre Artur Oliveira se emocionou com uma interrupção durante a missa do domingo, dia 16, por um menino que se dirigiu a ele e pediu: "Padre, reza pelo meu padrinho? Ele está intubado". A cerimônia estava sendo transmitida pela internet e o vídeo ficou disponível nas redes sociais da diocese de Patos de Minas (MG) gerando repercussão entre os fiés que acompanham o conteúdo online.

A mãe do menino conxando etou que o filho queria muito pedir ao padre uma oração para seu padrinho e, após muita insistência da criança, acabou deile ir até o clérigo ao final da homilia. A criança, João Miguel, então contou ao padre que seu tio Flávio estava com Covid-19. O sacerdote logo parou com o discurso que fazia para se sentar nos degraus do altar e rezar pelo paciente.

"Como não atender este pedido?", questionou o padre em uma postagem do Facebook. "Confesso que interiormente questionei a Deus: Senhor, esta criança me pegou de surpresa. O que eu faço agora? Larguei o que estava falando e sentei ali na escada do altar mesmo. Imaginei Jesus atendendo o pedido dele. E eu sei que Ele vai atender! Quem estava ali na igreja aprendeu o que é ter fé! Reparem na expressão do garotinho enquanto juntos rezávamos... Para Deus, nada é impossível. Que possamos ser um pouco desta criança. Aproximar de Deus com amor e simplicidade e pedir a Ele tudo o que sozinhos não conseguimos fazer".

Nesta quinta-feira, dia 27, a história do menino e seu padrinho voltou a movimentar as redes sociais. O padre Artur publicou um vídeo no canal do YouTube do movimento religioso Garagem da Oração que mostra o momento em que o tio Flávio recebeu alta do hospital. Foram buscá-lo seus parentes, acompanhados pelo padre e, claro, o afilhado João Miguel.

"Dica: prepare o lenço, assita até o fim e compartilhe com todo mundo!", destacou o padre ao compartilhar o vídeo.

A mãe do menino relatou que Flávio, o padrinho de João Miguel, estava grave, recebendo bastante oxigênio na época em que houve a interrupção na missa, mas com o passar dos dias seu quadro foi melhorando, até que ele pôde ser extubado e, aos poucos, voltou a falar. A família mostrou-se agradecida e muito emocionanda ao celebrar a alta do paciente, que segurava um cartaz dizendo "Eu venci com a graça de Deus".


Extra



Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire