Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 14 de junho de 2021


 
O governo federal “bateu o martelo” sobre a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses. A informação foi confirmada pelo próprio ministro da Economia, Paulo Guedes, ao colunista Igor Gadelha, do Metrópoles. De acordo com a publicação, a decisão foi tomada em uma reunião de ministros realizada na semana passada.
 
Os valores devem ser mantidos no mesmo patamar das atuais parcelas, variando de R$ 150 a R$ 375. A prorrogação deve ser formalizada por meio da edição de uma medida provisória (MP) a ser publicada em breve. Na última semana, Guedes já admitia, nos bastidores, a prorrogação do benefício por até três meses.
 
A fase atual do auxílio emergencial começou a ser paga em abril deste ano e tem quatro parcelas, que se encerrarão em julho. As três novas parcelas, portanto, devem ser pagadas de agosto a outubro. A primeira edição do programa começou em abril do ano passado, com um valor inicial de R$ 600, e seguiu até o mês de dezembro.

 
 
(O Povo)
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire