Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 30 de junho de 2021



Ao menos duas pessoas que foram ameaçadas por Lázaro Barbosa - que foi morto em troca de tiros com a polícia - relataram terem sido obrigadas a segurar um espelhinho enquanto ele fazia a barba.


Esse é mais um detalhe do modo de agir do criminoso que aparece como investigado em cerca de dez inquéritos só em Goiás, segundo o delegado Cléber Martins. Lázaro é apontado como autor de pelo menos 30 crimes em Goiás, Bahia e Distrito Federal.


O delegado destacou que, quando foi morto, Lázaro estava com a barba recém-feita, diferente da maioria das imagens dele divulgadas pela força-tarefa.



“Durante a fuga, uma das chácaras em que ele foi havia um casal. Ele fez a mulher cozinhar para ele e segurar um espelhinho enquanto ele se barbeava. Em outro crime, dessa vez contra um caseiro, ele também obrigou a vítima a segurar esse espelhinho enquanto fazia a barba”, disse o delegado.


A morte do fugitivo aconteceu na segunda-feira (28) após buscas que duraram 20 dias com a participação de mais de 270 policiais.


O secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, explicou que a morte de Lázaro não encerra todas as investigações sobre o caso.


"São 30 crimes que são de autoria confirmada dele. Temos oito em aberto, já com todos os indícios que foi ele que cometeu. Temos agora que ver se ele estava indo sozinho, se tem algum coautor nesses crimes ou algum mandante", disse.


Reféns eram obrigados a cozinhar
As investigações já haviam apontado que o criminoso também forçava as vítimas a tiraram as roupas e as obrigava a cozinhar para ele.


Foi o que aconteceu quando ele fez um casal e a filha adolescente reféns. Segundo o irmão da garota, os parentes que foram ameaçados pelo criminoso contaram que precisaram se despir e eram ameaçados constantemente.


Os policiais descobriram ainda que Lázaro, ao invadir as chácaras, pegava alimentos e itens de higiene para se manter em fuga. Imagens feitas por uma moradora e outras por policiais mostram casas todas reviradas, que podem ter sido alvos de Lázaro.


Segundo a Polícia Civil, os crimes em que as investigações apontaram que Lázaro agiu sozinho serão arquivadas. No entanto, os inquéritos em que há indícios de participação de outras pessoas seguem sendo apurados.


G1

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire