Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 31 de julho de 2021


 
Um homem de 61 anos foi preso depois de tentar invadir uma agência do banco Santander, colidindo com o carro na porta da unidade. Segundo a Polícia Civil, ele também tentou incendiar o local. O caso ocorreu no Município de Limoeiro (PE), na madrugada desta sexta-feira, 30, e teria sido motivado pela cobrança de uma dívida. As informações são do portal G1.


Conforme o delegado Eronildo Rodolfo, responsável pelo registro da ocorrência, o objetivo do idoso era se vingar do banco, porque havia recebido a cobrança de uma dívida. "Ele disse que estava com uma dívida no banco e ficou sabendo que havia saído um mandado de busca de um veículo que ele possui. […] Como forma de se vingar, foi atear fogo no banco", disse o delegado em entrevista ao G1.


De acordo com Eronildo, o homem chegou à agência por volta de 0h30 e quebrou a porta de vidro do banco com o veículo. Logo depois, ele saiu do automóvel e começou a jogar um líquido inflamável para incendiar a agência. No entanto, policiais militares, que realizavam rondas pela área, conseguiram evitar o incêndio.


"Quando chegaram, já encontraram o cidadão dentro da agência com material incendiário e já com alguns focos de fogo nas partes internas do banco. Nesse momento, foi iniciada uma negociação para que ele pudesse sair do banco e se render", afirmou o delegado.

"Ele alegou que o carro era utilizado para o transporte do filho, que tem um tipo 

G1

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire