Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 7 de julho de 2021


 
 
O presidente do Haiti, Jovenel Moise, de 53 anos, foi assassinado nesta quarta-feira (7), em sua casa, por um comando integrado por pessoas estrangeiras. A morte foi anunciada pelo primeiro-ministro em final de mandato, Claude Joseph.

De acordo com ele, a mulher do presidente, Martine Moise, foi baleada no ataque e foi hospitalizada. A primeira-dama morreu horas depois no hospital, segundo o portal G1. Ela tinha 47 anos.

"O presidente foi assassinado em sua casa por estrangeiros que falavam inglês e espanhol", disse o primeiro-ministro. Joseph pediu calma à população e garantiu que a polícia e o Exército estão encarregados de manter a ordem.

O ataque ocorreu em meio a uma onda crescente de violência política no país. Com o Haiti politicamente dividido e enfrentando uma crescente crise humanitária e escassez de alimentos, há temores de uma desordem generalizada.

"Todas as medidas estão sendo tomadas para garantir a continuidade do estado e proteger a nação", disse Joseph. Tiros foram ouvidos em toda a capital.



G1
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire