Ambulantes e Guardas Municipais entram em conflito no Centro de Fortaleza

 


Ambulantes e Guardas Municipais entraram em confronto na madrugada deste sábado (14), na região da Feira da José Avelino, no Centro de Fortaleza. O conflito ainda se estendeu por vias próximas como a Rua Sobral, localizada perto da sede da Prefeitura.

Imagens que circulam as redes sociais mostram os guardas utilizando escudos para se protegerem de pedras arremessadas por alguns ambulantes envolvidos na confusão. Tiros de balas de borracha e bombas de gás lacrimogênio foram utilizadas pelos agentes. Por outro lado, os ambulantes atearam fogo em galhos e quebraram gradis.

A confusão iniciou após a fiscalização tentar barrar a feira que acontecia de forma irregular. Impedidos de expor produtos no local, os ambulantes se revoltaram e entraram em conflito com agentes da Guarda Municipal. O conflito ganhou maiores proporções e o Grupo de Operações Especiais (GOE), da Guarda, precisou ser acionado para fazer a segurança dos fiscais e do patrimônio públicos. Segundo a Prefeitura de Fortaleza não há, até o momento, registro de feridos ou danos a prédios públicos.

Restrições na feira

A Prefeitura de Fortaleza está realizando, desde a última quarta-feira (11), uma fiscalização para barrar o comércio irregular e, desta forma, evitar aglomerações na região. Devido a pandemia da Covid-19, a feira só pode ser realizada dentro dos galpões. No entanto, às quartas e sábados, alguns ambulantes montam barracas de venda nas ruas, algo que está proibido.

 

(CN7)

Tags