Ceará negocia compra direta de vacinas da Pfizer, e retorno da empresa deve ocorrer em até 15 dias

 


A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) negocia uma compra direta de doses contra a Covid-19 da fabricante Pfizer. Esta é a segunda tentativa de aquisição junto à fabricante sem o envolvimento do Governo Federal. A informação foi repassada na manhã desta terça-feira (10) pelo titular da Pasta, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, que espera um retorno da empresa em até duas semanas. 

“Eu tenho muita esperança que nos próximos 15 dias a gente tenha alguma notícia sobre essa aquisição”, ponderou o secretário em entrevista ao Sistema Verdes Mares, sem detalhar a quantidade de doses que está sendo negociada. 

Com o possível envio do imunizante, a população local entre 12 e 17 anos também será incluída no cronograma, já que a única vacina autorizada para essa faixa etária é a da Pfizer. Após a administração de pelo menos a primeira dose em maiores de idade, prevista para este mês de agosto, a estimativa da Sesa é alcançar os adolescentes em setembro. 

"A gente espera até o final de agosto vacinar toda a população de até 18 anos. Dependendo da quantidade do período e da aquisição de outras vacinas, nós queremos entrar na população mais jovem. Eu tenho aqui uma esperança que até meados de setembro a gente tenha parte dessa população entre 12 e 18 anos vacinada".
 
O POVO
Tags