Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 30 de agosto de 2021

 


Um homem foi preso pela Polícia Civil do Ceará, na sexta-feira (27), suspeito de cometer uma série de estupros em Fortaleza. Conforme as investigações da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da capital, ele criou perfis falsos de mulheres em uma rede social, ofertou vagas de babá e atraiu as vítimas para violentá-las sexualmente. O suspeito pedia fotos dos seios das candidatas.

"Ele alegava que tinha um filho de 9 anos e que esse filho, por uma questão de dependência emocional, tinha necessidade de, muitas vezes, durante o dia, mamar nos seios, no caso da mãe, que seria a pessoa que estaria contratando; só que a mãe estaria trabalhando", disse a delegada Ana Nery. "Nessa situação, ele perguntava, sim, a algumas babás, se havia possibilidade, se ela iria permitir exatamente do filho não só tocar os seios da babá, mas eventualmente fazer a mama, como diz, ainda que não saísse leite. Porque, segundo ele, o filho tinha essa dependência", acrescentou a delegada.

A Polícia Civil efetuou a prisão de Paulo Henrique Santos Monteiro, de 34 anos, no Bairro Carlito Pamplona, na capital, após cumprir um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça. Conforme as apurações, foram encontrados em celulares dezenas de vídeos dele que comprovam os crimes sexuais, além de conteúdos audiovisuais de aliciamento de menores.

Conforme a titular da DDM Fortaleza, a delegada Ana Nery, 10 vítimas já foram identificadas a partir dos conteúdos extraídos do aparelho celular, mas o número deve crescer ainda mais, uma vez que ele identificava as vítimas por meio de números. As mulheres tinham idades entre 16 e 27 anos e, conforme ela, estavam em vulnerabilidade financeira.

Terreno baldio

De acordo com as apurações, as vítimas do crime entravam em contato com o falso empregador acreditando que conversavam com uma mulher. Essa mulher cujos, perfis eram falsos e criados por Paulo Henrique, dizia ter um filho com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A informação repassada a elas era de que o filho do casal, com 9 anos de idade, tinha "dependência emocional" e necessitava de amamentação durante o dia.

Ele perguntava a possibilidade de as mulheres fazerem este serviço a mais e dizia que pagaria cerca de R$ 1.800. O criminoso pedia imagens dos seios às mulheres; algumas até chegaram a enviar para garantir o emprego de babá. Após ganhar a confiança das vítimas, ele marcava o encontro e as violentava.

"Ele marcava um encontro com as meninas, no dia do encontro, ele que sempre se passava por mulher para facilitar a contratação dizia que não ia poder estar presente e que o marido dela é que iria pegar as pessoas que seriam contratadas. Só que o marido dela era exatamente o próprio Paulo Henrique", afirmou a delegada Ana Nery.

De acordo com a delegada, as vítimas eram levadas a um terreno baldio, nas proximidades de um colégio militar, no Bairro Jacarecanga, no qual eram estupradas. Ele as intimidava com um canivete, objeto que foi apreendido pelos investigadores.

"É algo muito sério [cometido contra] pessoas que estavam à procura de emprego e acabavam sendo ludibriadas por conta da vulnerabilidade financeira que estavam vivendo e acabavam caindo nessa conversa", disse Ana Nery.

Homem confessou crime

Segundo a Polícia Civil, Paulo Henrique confessou o crime em depoimento e disse cometê-lo há cerca de seis meses. Na operação, foi apreendida uma câmera fotográfica e quatro telefones celulares, que continham conteúdo pornográfico do suspeito com as vítimas. Ele foi preso em flagrante e autuado pelo crime de registro não autorizado da intimidade sexual.

Com Paulo Henrique também foram encontrados materiais pornográficos com crianças e adolescentes, conforme a Polícia Civil. Ele foi autuado pelo crime de adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. 

 

(G1)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire