Ministro Gilmar Mendes, do STF, não aceita novo pedido de habeas corpus para DJ Ivis


 
Pessoas alheias ao processo de Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, continuam requerendo a liberdade do artista junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). Nessa terça-feira (3), o ministro Gilmar Mendes decidiu não apreciar o pedido de habeas corpus a favor do DJ, impetrado desta vez por um estudante de direito.


No último dia 29 de julho, o ministro do STF chegou a indeferir pedido de liberdade a Iverson, preso por agressões cometidas contra a ex-mulher, a cearense Pamella Holanda. Na outra ocasião, solicitação de um advogado alheio à defesa constituída legalmente pelo artista foi distribuído ao relator do Supremo.


Agora, conforme documento, o ministro alegou na sua decisão que o impetrante, um estudante de direito sem qualquer vínculo com o paciente, pretende a revogação da prisão preventiva". Gilmar Mendes destacou que o estudante não juntou qualquer documento ao pedido, nem mesmo cópia da decisão judicial que corrobore as alegações deduzidas de flagrante do decreto prisional contra o DJ. 

O  POVO

Tags