Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 23 de agosto de 2021

O Ministério Público Federal, por meio da procuradora Regional Eleitoral do Ceará Lívia Maria, deu parecer favorável à cassação do prefeito de Coreaú, Edezio Sitonio, e da vice Érika Cristino.

A cassação já tinha sido assinada pelo juiz eleitoral da 64ª Zona Eleitoral, Guido de Freitas Bezerra. Motivo: compra de votos na eleição de 2020.

“Em virtude do exposto, a Procuradoria Regional Eleitoral se manifesta pelo conhecimento dos recursos, por serem tempestivos, e pelo parcial provimento, apenas para se excluir Carlos Roner Félix Albuquerque da condição de assistente simples para os atos processuais que se realizarão posteriormente , devendo, quanto aos demais pontos, ser mantida a sentença proferida pelo Juízo a quo”, escreveu a procuradora no parecer. 

Via CN7

 

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire