Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 5 de agosto de 2021

 


A força-tarefa montada por Polícia Federal e Controladoria Geral da União (CGU) identificou que houve movimentação de R$ 56,7 milhões em um esquema de fraude a licitações, lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa na cidade de Russas. O desvio, que envolve recursos públicos federais disponibilizados ao município entre 2013 e 2020, tem indícios de participação de empresários, políticos, servidores públicos e laranjas ou "testas de ferro".

Ao todo, 30 mandados de busca e apreensão determinados pela Justiça Federal de Limoeiro do Norte são cumpridos por cerca de 140 policiais federais e 10 auditores da CGU nas cidades de Fortaleza, Icapuí, Cascavel e Russas, no Ceará; além de Caçapava do Sul, no Rio Grande do Sul, e Brasília. Estão sendo bloqueados valores ilícitos nas contas dos investigados.

De acordo com a investigação, recursos foram desviados em quatro principais grupos (educacional; fantasma; construtora/escritório de contabilidade; e empresa de turismo). Ao todo, somando todos os possíveis desvios do esquema, foi identificada a movimentação de R$ 56.799.931,42.

O G1 tenta contato com a Prefeitura de Russas, mas as ligações não são atendidas.

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire