Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 17 de setembro de 2021

 


Uma mulher recebeu seu cachorro morto após levá-lo ao pet shop para realizar banho e tosa. O caso ocorreu na última quarta-feira, 15, no Distrito Federal. Segundo informações do portal G1, a dona foi buscar o animal, da raça spitz alemão, 2 horas depois de entregá-lo aos serviços. No entanto, o estabelecimento informou que o cachorro passou mal durante a secagem e veio a falecer.

O caso ocorreu na última quarta-feira, 15, na Clínica Veterinária Personal Dog, e é investigado pela Polícia Civil. Em nota, o estabelecimento disse que o animal "desmaiou" durante a secagem, e que "completou todos os procedimentos de primeiros socorros aplicáveis, incluindo técnicas de reanimação cardiorrespiratória", no entanto, não resistiu. 

Larissa Marques, tutora do cachorro Flock, denunciou o estabelecimento. A empresa declarou que o animal "desmaiou" durante a secagem, e que "completou todos os procedimentos de primeiros socorros aplicáveis, incluindo técnicas de reanimação cardiorrespiratória". Mesmo com os supostos cuidados, o cão faleceu.

“Quando foi 12h30 avisaram que tinha uma intercorrência e que a gente precisava ir até o pet. Eu e meu marido saímos correndo de casa e, chegando lá, fomos avisados que o Flock tinha falecido", disse a tutora. Segundo Larissa, Flock era um animal sem histórico de doenças pré-existentes. Além disso, não seria a primeira vez do pet tomando banho no local. 

Segundo a clínica veterinária, o banho foi feito sem problemas. "Passou-se então para a secagem dos pelos de Flock, com secador comum e utilizando as melhores e seguras práticas veterinárias. Durante esse processo, por volta das 11:00h, notou-se que Flock havia desmaiado, sendo trazido às pressas para a clínica. O animal foi examinado e recebeu todos os procedimentos de primeiros socorros aplicáveis, incluindo técnicas de reanimação cardiorrespiratória", declarou o estabelecimento.

O pet shop também registrou ocorrência contra Larissa Marques. Segundo os responsáveis pelo estabelecimento, a mulher teria quebrado equipamentos da clínica após o ocorrido. Ao examinar o corpo, a dona encontrou, ainda, machucados. Um exame de autópsia do animal será feito pela Universidade de Brasília (UnB). O resultado será apresentado à Polícia Civil.

 

(O Povo)

 

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire