Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 15 de setembro de 2021


O Governo Federal enviou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei orçamentária de 2022. No documento, o piso nacional do próximo ano deve ser de R$ 1.169. Com isso, os benefícios e o teto do INSS devem passar por reajuste. 

A proposta orçamentária apresentada ao Congresso Nacional é que o piso nacional do próximo ano seja de R$ 1.169. Com isso, passa a ser R$ 22 maior que o valor de R$ 1.147, aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). 

O reajuste no salário mínimo de 2022 impacta cerca de 50 milhões de brasileiros, dos quais 24 milhões estão vinculados ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os benefícios e o Teto do INSS têm como base de cálculo o piso nacional. 

Além disso, o novo valor do salário mínimo altera o pagamento do Seguro-desemprego, BPC e PIS/PASEP, já que esses têm o piso como base de cálculo ou valor de pagamento. Portanto, sempre que o salário é corrigido, os valores dos benefícios também são alterados. 

O reajuste no piso também afeta o Teto do INSS. Atualmente, o limite de pagamento é de R$ 6.433,57. Porém, se o salário mínimo de 2022 se estabelecer em R$ 1.169, o valor passaria a ser de R$ 6.832,45.

 O POVO

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire