Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 8 de outubro de 2021

 


A inflação em Fortaleza ficou acima da média nacional considerando o acumulado dos últimos 12 meses. Enquanto a média do Brasil registrou índice de 10,25%, a capital cearense teve alta de 11,19%.

Conforme a inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerada a oficial do país, os preços ficaram 1,22% mais caros em setembro na capital cearense. Já considerando os 12 meses anteriores, os preços subiram 11,19%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o IBGE, a maior contribuição (0,18 p.p.) veio dos combustíveis, que subiram 2,43%, influenciados pelas altas da gasolina (2,32%) e do etanol (3,79%).

A inflação no período de 12 meses -- outubro de 2020 a setembro de 2021 -- em Fortaleza é a sétima maior do país, ficando atrás de:

  • Curitiba (13,01%)
  • Rio Branco (12,37%)
  • Vitória (11,52%)
  • Porto Alegre (11,35%)
  • São Luís (11,27%)
  • Campo Grande (11,25%)

Os preços das carnes (-0,21%) recuaram em setembro, após 7 meses consecutivos de alta. Os destaques para os três subitens com as maiores variações negativas e positivas são:

  • Maiores quedas: cebola (-6,43%), pão francês (-2,00%) e arroz (-0,97%);
  • Maiores altas: batata-doce (20,02%), frutas (5,50%), frango em pedaços (4,42%) e cerveja (1,32%)

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire