Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 20 de novembro de 2021

 


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado no próximo domingo em meio a uma crise interna do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais (Inep), órgão responsável pela prova. Além disso, colaboradores terceirizados que vão fiscalizar os candidatos durante o Enem relatam corte no número de aplicadores por sala este ano e temem fragilidades na supervisão dos estudantes.

Em salas com menos de 26 candidatos, haverá apenas o chefe de sala no comando da turma, conforme afirmam. Nos anos anteriores, o trabalho era feito em duplas: um chefe de sala e um aplicador. O Estadão ouviu colaboradores de oito Estados. Também acessou os manuais com as tarefas que devem realizar nos dias do exame e os documentos enviados a eles pelo consórcio aplicador.

As provas ocorrem neste domingo, 21, e no próximo, 28. Cerca de 3,1 milhões de candidatos devem fazer o exame, principal forma de ingresso no ensino superior brasileiro. O Inep enfrenta, nos últimos dias, sua maior crise: 37 servidores com experiência no Enem pediram para deixar seus cargos às vésperas do exame por discordarem da gestão do atual presidente da autarquia, Danilo Dupas. As alegações da categoria são de falhas de gestão e assédio - o que ele nega. 
 
O POVO
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire