Você está em: IBIAPABA , REGIONAL // Notícia de Fagner Freire // 17 de dezembro de 2021

 


Apontada como integrante de um grupo criminoso responsável por crimes na região da Serra da Ibiapaba, Sarahellem de Almeida Batista (28) foi presa, na manhã desta quinta-feira (16), pela Polícia Civil. A mulher, que possui uma extensa ficha criminal e é considerada de alta periculosidade, foi capturada no bairro Granja Lisboa em de Fortaleza. Contra ela, três mandados de prisão pelos crimes de integrar organização criminosa, tráfico e associação para o tráfico foram cumpridos.

Com passagens por homicídio doloso, tráfico de drogas, associação para o tráfico, associação criminosa, roubo, receptação, porte ilegal de arma de fogo e crimes de trânsito, Sarahellem era considerada foragida da Justiça e foi localizada, na manhã de hoje, em um imóvel do bairro Granja Lisboa. Conforme investigações da Delegacia Regional de Tianguá, a mulher é apontada como integrante de um grupo criminoso responsável por diversos homicídios e outros crimes ocorridos em Tianguá e municípios.

De acordo com levantamentos policiais, ela teria envolvimento ainda em um duplo homicídio e em uma ocorrência que resultou na morte de um homem e em cinco lesões corporais. Os casos foram registrados, no dia 21 de novembro em Ubajara. Apurações apontam ainda que Sarahellem teria fugido para Fortaleza para não ser localizada pelos investigadores.

 

Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS-CE).

Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire