Você está em: CIDADE , IPU , PRINCIPAL // Notícia de Fagner Freire // 3 de janeiro de 2022

 


A Bica do Ipu, uma cachoeira que está localizada no paredão da Serra da Ibiapaba, no município de Ipu, a cerca de 296 quilômetros de Fortaleza, capital do Estado do Ceará, jorrou pela primeira vez no ano de 2022. O ”véu de noiva”, como carinhosamente é conhecida pelos moradores e turistas, voltou a mostrar sua beleza e imponência na tarde deste domingo (2).

O reaparecimento da água no maior cartão postal da Terra de Iracema, veio após as precipitações registradas hoje na sede e no interior do município de Ipu. De acordo com o radialista Cristian Pereira, um pluviômetro dele, no bairro Alto da Boa Vista registrou (20) milímetros. Na região serrana da cidade, choveu 34 mm no distrito de Várzea do Giló.

Moradores aproveitam e fizeram os primeiros registrados do centro da cidade por meio de vídeos, já que atualmente o restaurante do Parque da Bica de Ipu está fechado devido à pandemia da Covid-19 e por esta passando por obras de melhoramento.

Bica do Ipu

O véu de noite, é a principal atração turística da cidade de Ipu, anualmente recebe turistas de todo o Ceará, do Brasil e do mundo. A cachoeira fica no paredão da Serra da Ibiapaba à 130 metros e é conhecida, citada no romance José de Alencar.

Chuva na região

Após as chuvas na região das Quebradas, na serra de Ipu, outra cachoeira, a Bica do Donato, na cidade vizinha de Pires Ferreira registrou a primeira cheia do ano.

 

(Ipu Post)
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire