Você está em: CIDADE , IPU , PRINCIPAL // Notícia de Fagner Freire // 26 de janeiro de 2022

 


Um novo Ceará já é visto no interior do Estado. Comunidades beneficiadas pelo Projeto Paulo Freire já percebem as mudanças geradas a partir da atuação do projeto. Uma dessas comunidades é a Alegria, no município de Ipu.  A Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) investiram através do PPF, somente em atividades produtivas na comunidade, cerca de R$ 270 mil.

Os projetos produtivos contemplaram atividades de criação de galinhas caipira integrada a quintais agroecológicos, criação de suínos com biodigestores e artesanato de argila, com forte participação das mulheres.

O plano de investimento da Associação dos Artesãos da Alegria (Ipu) foi elaborado para 46 famílias, sendo 20 famílias beneficiadas com a criação de galinhas caipiras, 15 famílias com suinocultura e biodigestor e 11 famílias beneficiadas com artesanato de argila.

Para dona Franciner, presidente da associação e integrante do grupo de mulheres na produção de artesanato com argila, o projeto trouxe mudanças significativas.

“Teve o aumento de renda da nossa família a parir das atividades apoiadas pelo projeto. Assim como, para as outras famílias com as atividades de galinha, suínos e artesanato. O projeto trouxe ainda as reuniões e oficinas de trabalho”, destacou dona Franciner.

Para o grupo das 11 famílias beneficiárias com artesanato de argila teve a construção de um deposito de armazenamento de matéria prima e ferramentas, além da construção de um forno com área coberta para confecção das peças. Foram adquiridos equipamentos de uso coletivo.

A comunidade recebeu do PPF acompanhamento no gerenciamento das atividades para melhorar a produção. Hoje, as peças produzidas pelo grupo do artesanato fazem parte da loja física da CEART em Fortaleza. A associação vende chaminés de barro para os fogões agroecológicos do Estado. Elas comercialização seus produtos em vários locais através dos aplicativos e as entregas realizadas via Correios.

A assessoria técnica contínua (ATC) foi realizada pelo Centro de Estudo e Assistências às Lutas do Trabalhador/a Rural (CEALTRU) nas atividades desenvolvidas no projeto com intuito de melhorar e desenvolver os potenciais da comunidade, tais como: elaboração dos planos de investimentos, reuniões de organização da associação, capacitações em associativismo, gênero, cadernetas agroecologia, defensivos naturais; construções das tecnologias sócias (Biodigestor e Reuso de Águas Cinza), orientações nas prestações de contas; apoio na realização de feiras agroecológicas, à comercialização; e assessoramento à inclusão dos beneficiários nas políticas públicas (PAA e PNAE).

 


 

 

 

Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire